Mulher leva mordida após esbarrar em homem na academia em Goiás

·1 min de leitura
Mulher levou mordida após esbarrão em academia
Mulher levou mordida após esbarrão em academia

Câmeras de segurança de uma academia de Rio Verde, no sudoeste de Goiás, mostram o momento em que uma mulher de 24 anos foi agredida com uma mordida no ombro após esbarrar em um homem.

A ação acontece de maneira muito rápida. O homem passa por trás da mulher, momento este em que ela esbarra na mão dele. Nas imagens é possível ver um homem abordando rapidamente a jovem e a mordendo. Os registros também mostram o homem rindo após o ocorrido.

De acordo com a coordenação da academia, o agressor afirmou que o ato foi um engano.

“Ele me atendeu, eu perguntei o que tinha ocorrido, ele falou que foi um engano e pediu desculpas pelo constrangimento”, disse a coordenação do estabelecimento.

Ainda de acordo com a administração da academia, o homem não frequenta mais o estabelecimento.

Como a identidade de ambos não foi divulgada, não foi possível localizar o suspeito ou a mulher para um posicionamento sobre o caso.

Uma foto mostra a marca da mordida no ombro da jovem.

Segundo a delegada Taisa Antonella, que é responsável pelo caso, explicou que o homem já foi intimado e deve prestar esclarecimentos sobre o ocorrido ainda esta semana. A princípio, ela detalha que ele deve responder pelo crime de lesão corporal.

Já a academia, que forneceu as imagens da câmera de segurança à Polícia Civil, declarou que, após o ato, "amparou a mulher com o que foi necessário".

Segundo o estabelecimento, na ocasião, a mulher negou atendimento médico e a necessidade de acionar policiais.

"Ela estava muito nervosa, então foi embora e no dia seguinte acionou a Polícia Civil", complementou a academia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos