Mulher mantida refém em motel é resgatada no DF

Segundo a PM, a mulher disse que eles chegaram ao motel por volta das 11h e que o homem teria trancado a porta para ela não sair - Foto: Getty Images
Segundo a PM, a mulher disse que eles chegaram ao motel por volta das 11h e que o homem teria trancado a porta para ela não sair - Foto: Getty Images

Uma mulher de 31 anos, mantida refém dentro de um motel no Núcleo Bandeirante, no Distrito Federal (DF), foi resgatada pela Polícia Militar (PM) neste domingo (31), após negociação que durou cerca de 50 minutos.

A operação teve apoio do Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF).

O Corpo de Bombeiros e o Bope atenderam a ocorrência após receberem um pedido de socorro da mulher.

Aos militares, a vítima que foi solta sem ferimentos, contou que é garota de programa e já conhecia o homem de 38 anos de outros encontros.

Segundo a PM, a mulher disse que eles chegaram ao motel por volta das 11h e que o homem teria trancado a porta para ela não sair.

Quanto ao homem, que estava alterado, os bombeiros o transportaram para o Hospital de Base de Brasília. Ele teria dito aos socorristas que consumiu álcool e cocaína.

Um boletim de ocorrência sobre o caso foi registrado na 21ª Delegacia de Polícia (Taguatinga). A vítima e uma funcionária do motel prestaram depoimento na unidade policial. O homem será ouvido quando sair do hospital.

Outro caso

Em Manaus, no Amazonas, no último dia 28 de julho uma operação realizada pela Central Integrada de Fiscalização (CIF), coordenada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), no Centro, zona sul capital, prendeu um homem foi preso em flagrante mantendo uma mulher em cárcere privado em um quarto de hotel.

Enquanto fiscalizavam hotéis no Centro, agentes da Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop) encontraram a mulher amordaçada, em um dos quartos. Ela estava com os braços e as pernas amarradas, em situação de cárcere privado. Ela também apresentava sinais de agressão física. Equipes da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) foram acionadas para dar apoio na ocorrência.

A PC-AM acionou a Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas) e o Conselho Tutelar para dar apoio à mulher e às crianças que estavam no local. O homem, de 44 anos, foi encaminhado à Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos