Mulher morre após escalar uma cerca para ver melhor um avião pousar no Caribe

Os aviões são conhecidos por voar sobre as praias de Sint Maarten (foto: REX)

Uma mulher morreu em Sint Maarten, território caribenho, após ser jogada no chão pela força de um poderoso motor de jato.

O incidente ocorreu no Juliana International Airport, famoso pelo fato de que os aviões pousam a poucos metros da praia.

A mulher de 57 anos, uma turista da Nova Zelândia, escalou a cerca de proteção do aeroporto para ver o avião pousar, mas a força do motor do jato a arremessou para trás, causando ferimentos graves.

Ela foi levada para o hospital para receber tratamento, mas faleceu pouco tempo depois.

A parte da praia onde ela estava é extremamente popular entre os turistas, que se reúnem para ver os aviões voando extremamente baixo na pista, antes de pousar.

A praia é conhecida por sua proximidade com as aeronaves. Esse vídeo do Storyful, feito no dia 20 de janeiro de 2014, mostra espectadores sendo jogados para trás durante o pouso de um jato.

A pista começa a apenas 50 metros da cerca da praia. Várias placas instruem os banhistas do perigo das explosões de ar, recomendando que eles mantenham distância.

Relatos das redes sociais afirmam que o avião era um Boeing 737. Quando foi lançada para longe, a mulher bateu com a cabeça no concreto.

Em um comunicado, a polícia de Sint Maarten alegou que há patrulhas diárias na praia para impedir que os turistas se aproximem demais da cerca da pista.

“Os pousos e decolagens de aviões de todos os tamanhos e tipos no aeroporto de Sint Maarten são conhecidos mundialmente como uma grande atração turística”, afirma a declaração.

“Muitos turistas vêm à praia para experimentar a emoção da aproximação das aeronaves, que passam logo acima de suas cabeças, e as grandes explosões de ar causadas pelas decolagens da aeronave. Fazer isso é, no entanto, extremamente perigoso”.

Nick Reilly