Mulher morre após realizar cirurgias plásticas em clínica de bairro de luxo de BH

·1 min de leitura
Lidiane morreu após as cirurgias - Foto: Reprodução/Redes Sociais
Lidiane morreu após as cirurgias - Foto: Reprodução/Redes Sociais
  • Mulher foi submetida a dois procedimentos estéticos e morreu horas depois

  • Ela reclamou de falta de ar, foi internada, mas não resistiu

  • De acordo com a polícia, a causa da morte foi uma embolia pulmonar

Uma mulher morreu após ser submetida a dois procedimentos cirúrgicos estéticos em uma clínica localizada em um bairro de luxo em Belo Horizonte. As informações são do G1.

Identificada como Lidiane Aparecida Fernandes Oliveira, de 39 anos, a vítima realizou as cirurgias entre a manhã e a tarde da última segunda-feira (6) no Instituto Mineiro de Obesidade (IMO), localizado no bairro Lourdes.

Momentos depois, porém, ela reclamou de dores no corpo e falta de ar. A mulher foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada para o Hospital Vera Cruz, onde teve o óbito confirmado na madrugada de terça (7).

Segundo a polícia, Lidiane morreu em decorrência de uma embolia pulmonar.

Entenda o caso

A servidora pública da Prefeitura de Brumadinho foi submetida aos procedimentos de abdominoplastia e lipoaspiração das 8h30 às 13h de segunda-feira. Horas depois das cirurgias, começou a apontar os incômodos.

A irmã de Lidiane, que a acompanhava, saiu do quarto para buscar ajuda. Quando retornou, encontrou a mulher já desmaiada.

A vítima chegou a ser intubada, mas não resistiu. Seu marido entrou em contato com o médico responsável pela cirurgia, Lucas Mendes, que garantiu que “ocorreu tudo bem” com o procedimento.

Lucas relatou, ainda, que não é funcionário da clínica, apenas utilizou suas instalações para as operações. O instituo não possui um Centro de Terapia Intensiva (CTI).

Investigações

O Conselho Regional de Medicina do Estado de Minas Gerais (CRM-MG) informou que tomou conhecimento da morte pela imprensa e “iniciará os procedimentos regulamentares necessários à apuração dos fatos".

A Polícia Civil não forneceu maiores detalhes, mas garantiu que está investigando o caso.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos