Cúpula das Américas: Mulher não foi detida nos EUA por protestar contra Bolsonaro

Mulher manifesta em favor do aborto legal em frente ao Centro de Convenções de Los Angeles, onde foi realizada a Cúpula das Américas, nos Estados Unidos, em 9 de junho de 2022 (Foto: AFP)
Mulher manifesta em favor do aborto legal em frente ao Centro de Convenções de Los Angeles, onde foi realizada a Cúpula das Américas, nos Estados Unidos, em 9 de junho de 2022 (Foto: AFP)
  • Usuários compartilham um vídeo de mulher sendo detida enquanto protestava nos Estados Unidos

  • Publicações alegam que a manifestante estava atrapalhando a comitiva de Bolsonaro que estava nos EUA para a Cúpula das Américas

  • Protesto, no entanto, não teve relação com o presidente brasileiro

Um vídeo circula nas redes sociais mostrando uma mulher protestando e usuários alegam que se trata de uma manifestante "atrapalhando a comitiva do presidente Bolsonaro do Brasil nos Estados Unidos". No entanto, o conteúdo é compartilhado fora de contexto: o protesto não foi direcionado ao presidente Jair Bolsonaro (PL). A mulher protestava contra a proibição do aborto no momento da chegada da comitiva do presidente dos EUA Joe Biden na Cúpula das Américas.

Captura de tela de vídeo fora de contexto, que circula como se protesto contra aborto nos EUA fosse contra Bolsonaro (Foto: Reprodução / Telegram)
Captura de tela de vídeo fora de contexto, que circula como se protesto contra aborto nos EUA fosse contra Bolsonaro (Foto: Reprodução / Telegram)

No vídeo, é possível ouvir a mulher gritando em um megafone palavras de ordem contra a proibição do aborto. Uma busca no Google por "mulher aborto EUA" direcionou a diferentes notícias sobre o episódio (1, 2, 3).

As matérias informam que a manifestante foi presa pelo serviço secreto estadunidense enquanto protestava em favor do aborto legal quando a comitiva de Joe Biden chegou para a Cúpula das Américas, no dia 9 de junho.

Buscas em inglês (1, 2) também direcionaram para notícias sobre o ocorrido que reiteram essas informações, mas nenhuma delas menciona a relação do protesto com a chegada da comitiva brasileira para o encontro.

A reportagem do Yahoo! Notícias verificou declarações do presidente Jair Bolsonaro na Cúpula das Américas no encontro bilateral com Joe Biden e na segunda Sessão Plenária da Cúpula.

Conteúdo semelhante foi verificado pelo Boatos.org.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos