Mulher presa com fita a assento de avião recebe maior multa da história nos EUA

·1 min de leitura
Mulher foi presa a assento com fita adesiva - Foto: Reprodução/TikTok
Mulher foi presa a assento com fita adesiva - Foto: Reprodução/TikTok
  • Mulher que foi presa com fita adesiva a assento de avião terá de pagar mais de R$ 385 mil

  • Trata-se da maior multa já aplicada pelo órgão responsável pela aviação nos Estados Unidos

  • Ela foi detida no ano passado após tentar abrir a porta da aeronave e atacar funcionários

Uma passageira que precisou ser amarrada ao assento do avião após tentar atacar os tripulantes, no ano passado, terá de pagar a maior multa da história da aviação norte-americana.

A mulher, que viralizou ao ser filmada presa com fita adesiva à cadeira, foi multada em US$ 81,95 mil (cerca de R$ 385,7 mil). Trata-se da maior quantia já imposta pela Administração Federal de Aviação (FAA) nos Estados Unidos.

O episódio que ocasionou a pena milionária aconteceu em julho de 2021 e foi relatado por uma passageira do voo no TikTok. Ela explicou que a tripulação do voo 1774 da American Airlines, de Dallas para Charlotte, começou a agir estranhamente durante a viagem.

Passageiros se assustaram ao perceber que as comissárias de bordo passavam correndo pelos corredores, trancando os banheiros e coletando malas nos compartimentos superiores.

"Mistério" explicado

O piloto chegou a explicar que estava acontecendo “uma situação ruim no avião”, mas foi somente após o pouso que os passageiros foram informados do ocorrido.

A mulher causadora da confusão teve um surto e exigiu descer do avião a todo custo, mesmo já estando no meio da viagem. Ela tentava alcançar a porta da aeronave para abri-la e atacava as comissárias que a paravam.

Foram necessários cinco funcionários para imobilizá-la e amarrá-la no assento. Um vídeo publicado no TikTok mostra os outros passageiros, ao fim da viagem, passando pela mulher e acenando.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos