Mulher que viralizou por passar cola de gorila no cabelo se submete à cirurgia para retirar o produto

O Globo
·1 minuto de leitura

Tessica Brown não tem mais cola de gorila no cabelo! De acordo com fontes, a mulher da Louisiana — que viralizou nas redes sociais usando o produto no lugar do spray — está se recuperando de uma cirurgia para remover o adesivo do couro cabeludo.

O responsável pelo procedimento é o cirurgião plástico Michael Obeng. Em entrevista à People, Gina Rodriguez, chefe de Tessica, afirmou que "Ela está descansando e se curando do que fez".

"Como você pode imaginar, o couro cabeludo de Tessica está extremamente sensível agora e precisará de algum tempo para se recuperar.", disse ela.

Num vídeo postado nas redes após um mês da ocasião, Tessica diz que se arrependeu de ter posto a cola no cabelo e que não conseguia mais tocar nele.

"Vejam vocês. Meu cabelo, não se mova", disse ela enquanto tocava o cabelo, que estava penteado em uma trança com divisão lateral. "Eu lavei meu cabelo 15 vezes e ele não se move."

Cola de gorila é um produto multifuncional para serviços pesados, que tem uma retenção de secagem permanente e destina-se a colar materiais como madeira, metal, tecido, espuma, plástico, papel, couro de vidro e muito mais. É vendido em lojas de eletrodomésticos, no entanto, é um produto separado que faz um gel "indestrutível" de longa duração para cabelo humano.