Mulher recém-chegada da África testa positivo para Covid-19 e é internada em MG

·3 min de leitura
As autoridades de saúde mineiras monitoram o caso para verificar se a mulher foi infectada com a variante Ômicron.
As autoridades de saúde mineiras monitoram o caso para verificar se a mulher foi infectada com a variante Ômicron. (Foto: David Silverman/Getty Images)

Uma mulher recém-chegada do Congo, na África, foi internada nesta segunda-feira (29) em Belo Horizonte, Minas Gerais. A paciente foi diagnosticada com Covid-19 e está em isolamento no Hospital Eduardo de Menezes, na capital mineira.

É o segundo caso de infecção por Covid-19 de passageiros vindos de regiões onde há contágio confirmado da variante Ômicron. No domingo (28), um passageiro vindo da África do Sul desembarcou em São Paulo e teve o diagnóstico positivo.

Nenhum dos dois casos, no entanto, foi confirmado como sendo da variante Ômicron.

De acordo com a Prefeitura de Belo Horizonte, a mulher tem 33 anos e não é vacinada contra a doença. As informações são do jornal "O Estado de Minas".

As autoridades de saúde mineiras monitoram o caso para verificar se a mulher foi infectada com a variante Ômicron. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), até o momento nenhum caso da variante foi identificado em Minas Gerais.

A contaminação da mulher foi detectada em um teste rápido. Depois, ela foi submetida a um exame PCR e o material coletado deve passar por sequenciamento genético Funed (Fundação Ezequiel Dias).

CASO SUSPEITO EM SÃO PAULO

Um passageiro brasileiro vindo da África do Sul que desembarcou em Guarulhos, em São Paulo, no sábado, em um voo da Ethiopian Airlines, testou positivo para Covid-19. Ainda não há informações sobre se ele estaria com a nova variante ômicron, segundo a Anvisa.

A agência fiscaliza e exige que o viajante apresente exame PCR negativo para Covid-19 realizado em, no máximo, 72 horas antes do voo internacional (na origem do voo). O passageiro em questão chegou ao Brasil com teste negativo, assintomático.

No entanto, após sua chegada, a Anvisa foi informada às 21h12 do sábado sobre o resultado positivo de novo teste de RT-PCR, realizado pelo laboratório localizado no aeroporto de Guarulhos.

Diante do resultado, a Anvisa notificou o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) nacional, estadual e municipal, às 1h07 do dia 28/11. A Vigilância epidemiológica do Município de Guarulhos também foi acionada para acompanhamento do caso.

Após a identificação e testagem com resultado positivo para Covid-19, o paciente foi colocado em isolamento e já cumpre quarentena residencial. Os órgãos de saúde estadual e municipal passam a fazer o monitoramento do caso. O Ministério da Saúde acompanha o caso.

ONDE A VARIANTE JÁ FOI CONFIRMADA?

A variante do coronavírus que foi registrada pela primeira vez na África do Sul já foi detectada em ao menos seis países e territórios até o momento. Várias nações já restringiram voos em razão da nova cepa.

Batizada de ômicron (B.1.1.529), a variante já é considerada aquela com o maior número de mutações. Ainda é cedo para dizer o quão transmissível ou perigosa é a cepa.

Até agora, foram confirmados 77 casos na Província de Gauteng, na África do Sul; quatro casos em Botswana; e um em Hong Kong, diretamente relacionado a uma viagem à África do Sul.

A Alemanha registrou dois casos na região da Baviera; também há um caso com "alta probabilidade" em Hesse. Na Bélgica, foi confirmado um caso, de um viajante que voltou do Egito em 11 de novembro. A Itália detectou um caso de um homem que chegou de Moçambique. A República Tcheca tem um caso confirmado em Liberec.

No Reino Unido, são dois casos confirmados, um deles em Chelmsford e o outro em Nottingham. Israel registrou um caso, de uma pessoa que viajou ao Malaui, e mais duas suspeitas.

da agência O Globo

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos