Mulher se nega a fazer sexo após encontro e é morta

Homem foi preso no dia 17 de julho. Foto: Divulgação/Polícia Civil de Goiás

Uma mulher foi vítima de feminicídio em Goiás na última semana após se negar a fazer sexo com um homem com quem tinha se encontrado.

De acordo com informações da Polícia Civil, Elizeu Neto Rodrigues Loiola foi preso no dia 17 de julho.

De acordo com as investigações, ele tinha se encontrado com Josélia Alves da Costa em um bar da cidade.

Leia também:

Eles beberam juntos e comeram uma pizza. Em seguida, ele levou a mulher para um local isolado de Águas Lindas.

A intenção dele era fazer sexo com a mulher. Porém, ela teria se negado. Irritado, ele começou a bater nela com uma pedra.

Ao perceber que a vítima tinha morrido, ele tirou toda a roupa dela e a deixou nua às margens de uma rua de um loteamento novo da região.

O corpo de Josélia foi achado na última segunda-feira (15). A vítima estava com o rosto totalmente desfigurado por conta das pedradas que recebeu na região da face.

Após cometer o crime, ele fugiu do local e jogou as roupas da vítima em um córrego enquanto voltava para sua casa.

Depois de ser levado pela polícia, ele confessou o crime e deu detalhes de como tudo aconteceu.