Mulher seminua resgata ganso de estimação enquanto amamenta

A águia é uma ave de rapina bastante comum na América do Norte. (Foto: Getty Creative)
A águia é uma ave de rapina bastante comum na América do Norte. (Foto: Getty Creative)

Uma mulher canadense foi bastante aplaudida esta semana após ser gravada salvando um ganso de estimação. Nas imagens gravadas pelo sistema de segurança da residência, Cait Oakley, 31, aparece seminua e com um bebê no colo correndo para salvar Frankie, como é chamada o ganso. Ele estava prestes a ser atacado por uma águia careca.

O fato ocorreu na última quarta-feira (18), enquanto Cait amamentava um de seus três filhos. Ao ouvir o ganso grasnando histericamente e se deparar com ele sendo puxado pela ave de rapina, a canadense saiu em desespero usando apenas uma peça de roupa íntima. Ela se lançou contra o animal e fez com que ele soltasse suas garras de Frankie que, apesar de assustado, não sofreu nenhum ferimento.

Caint contou ao jornal canadense Check News que foi tudo muito rápido e que ela nem percebeu que estava sem roupa. Ela também disse que o ganso é como um membro da família e que por isso o protegeria a qualquer custo.

"Eu estava no meio da amamentação da minha filha, então é por isso que eu não estava usando camisa". Catie diz que depois pediu desculpas aos vizinhos.

A canadense relatou ainda que já perdeu algumas galinhas e que desconfia que não tenha sido a primeira vez que a águia tenha visitado sua propriedade. Agora a família instalou uma nova rede de câmeras de segurança na propriedade para evitar outros incidentes.

O vídeo do salvamento alcançou mais de 7,1 milhões de visualizações na plataforma Tik Tok. Muitas pessoas elogiaram o ato de Cait e a chamaram de "heroína". "Nem todos os heróis usam capas", escreveu um admirador. Já outro disse: "Isso não é absolutamente o que eu esperava. Eu não te conheço, mas eu te adoro e quero ser seu melhor amigo". "Essa mulher foi incrível", enalteceu um terceiro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos