Mulher sofre queimaduras no rosto após fones de ouvido explodirem em voo para a Austrália

Uma mulher ficou com queimaduras no rosto após os fones de ouvido que estava usando explodirem em um voo com destino à Austrália.

A mulher, que estava dormindo duas horas após o início do voo entre Pequim e Melbourne, acordou com o barulho de uma explosão.

Ela disse ao Australian Transport Safety Bureau (ATSFB): “Eu fui me virar e senti algo queimando no meu rosto”.

A mulher ficou com o rosto cheio de fuligem e o cabelo chamuscado após seus fones de ouvido explodirem (Australian Transport Safety Bureau)

“Eu segurei meu rosto, o que fez com que os fones passassem ao redor do meu pescoço”.

“Eu continuava sentindo meu rosto queimar, então peguei os fones e os joguei no chão. Eles estavam faiscando e tinham pequenos focos de fogo”.

“Quando fui pisar neles, os comissários de bordo já estavam ao meu lado com um balde de água para apagar o fogo. Eles colocaram os fones dentro do balde na parte traseira do avião”.

A mulher ficou com uma fuligem negra cobrindo suas bochechas, nariz e boca. Seus cabelos e sobrancelhas ficaram chamuscados, e sua mão teve bolhas por causa das queimaduras.

A bateria e a sua capa derreteram no chão do avião, e o cheiro do plástico queimado continuou presente durante todo o voo.

A mulher acrescentou: “As pessoas ficaram tossindo e engasgando até chegarmos em casa”.

A passageira também sofreu queimaduras nas mãos (Australian Transport Safety Bureau)

A ATSB afirmou que dispositivos alimentados por baterias devem ser mantidos em locais aprovados para o armazenamento enquanto não estiverem sendo usados nos aviões, e as baterias extras devem ficar na bagagem de mão.

Um porta-voz disse ao Daily Mail Australia: “Nós já tivemos outras experiências com telefones celulares, tablets e dispositivos deste tipo”.

Imagem principal: Australian Transport Safety Bureau

Andy Wells
Yahoo News UK