Mulheres colocam tampões na vodka para ficarem bêbadas mais rápido

Uma nova moda está preocupando ginecologistas pelo mundo todo. Segundo relatos, mulheres estão molhando tampões com vodka e colocando-os dentro da vagina para ficare bêbadas com mais facilidade.

Ao fazer uma busca rápida sobre o tema no Youtube, aparecem ao menos 6 mil resultados relacionados à pr��tica. Diante disso, médicos estão criando fóruns de discussão nas redes sociais para aconselhar os jovens a abandonarem a perigosa experiência.

Usar produtos embebidos em álcool para potencializar seus efeitos, porém, não é uma prática recente. O primeiro relato de casos como este aconteceu em Helsinque, na Finlândia, em 1999. Na época, as jovens se submetiam a isso para poder beber sem que seus pais percebessem qualquer cheiro.

Dr. Toli Onon, porta-voz do Royal College of Obstetricians and Gynaecologists, do Reino Unido, afirmou em entrevista coletiva que expor a vagina a qualquer objeto molhado com álcool é extremamente perigoso. “O álcool é um antisséptico e prejudica o equilíbrio de bactérias benéficas que vivem dentro da vagina”, explicou.

“Desta forma, há chances de aumento no risco de infecções. Além disso, o álcool pode ser muito irritante para a pele vaginal e pode causar ardor e inflamação na região”, continuou o ginecologista.

Além disso, especialistas ainda deixaram claro que a absorção de álcool pela vagina não é o suficiente para embebedar uma pessoa. “A musoca vaginal é semelhante à da boca. Se você colocar vodka na boca e não engolí-la, certamente todo o álcool não será absorvido”, encerrou.