Mulheres que almoçam em grupo consomem mais calorias do que aquelas que jantam sozinhas; entenda

Um novo estudo conduzido por pesquisadores da Universidade de Birmingham, na Inglaterra, descobriu que mulheres que almoçam em grupo consomem significativamente mais calorias do que aquelas que jantam sozinhas. Segundo a pesquisa, realizada com 26 mulheres, elas tendem a ingerir 150 calorias extras por refeição, em média, quando estão acompanhadas de amigos.

Covid-19: Explosão de casos na China ameaça criar novas variantes

Septicemia: entenda a doença do ator e diretor Dennis Carvalho

O experimento juntou essas mulheres e as fizeram comer todas as refeições do dia com amigos por três dias seguidos e três comendo sozinhas. Eles comeram uma média de 540 calorias extras nos três dias em que tiveram companhia.

Um segundo estudo, envolvendo 63 mulheres, descobriu que aquelas que comem a mais socialmente não comem menos depois. O que aumenta o risco da mulher de ganhar cerca de 4 quilos por ano se comer, pelo menos, uma refeição por dia com outras pessoas.

“Embora essa pesquisa tenha olhado apenas para mulheres, esperamos o mesmo efeito para ambos os sexos”, afirma a professora e autora do estudo, Suzanne Higgs. “As pessoas devem estar cientes de que comer socialmente, mesmo apenas um almoço rápido com amigos, provavelmente está ligado a comer mais”, conclui.

'Síndrome do final de ano': casos de depressão e ansiedade crescem perto da virada

Apesar de não ter um motivo certo para o efeito, os pesquisadores acreditam que as calorias a mais consumidas estão associadas as conversas amigáveis durante a refeição que podem distrair e fazer “comer mais”.

“O conselho deste estudo não é parar de comer com os amigos ou comer todas as refeições sozinho, mas talvez planejar com antecedência e pedir uma opção mais saudável do menu, por isso é menos importante se você comer demais”, afirma Higgs.