Mundial de Clubes: Comitê do Qatar torce por classificação do Flamengo graças à alta procura por ingressos

Bruno Marinho*
1 / 1

Taça Mundial de Clubes.jpg

Mundial de Clubes da Fifa terá Flamengo ou River Plate como representantes da América do Sul

Doha - Quando fizeram o levantamento sobre a procedência dos torcedores que aproveitaram a pré-venda dos ingressos para o Mundial de Clubes que acontecerá no Qatar, entre 11 e 21 de dezembro, os dirigentes do Comitê Organizador da competição não tiveram dúvida: na final da Libertadores, dia 23, os dedos cataris estarão cruzados pela vitória do Flamengo sobre o River Plate.

 

Os brasileiros estão em terceiro lugar entre os maiores interessados na competição, atrás apenas da torcida do Qatar e dos ingleses - o Liverpool, campeão europeu, já está garantido na competição. De acordo com levantamento do dia 31, 60% das 27.896 entradas foram vendidas antecipadamente para torcedores locais, contra 14% que saíram para a torcida residente na Inglaterra. A trupe do Brasil vem em seguida, com 4%.

 

O salto na venda provocado pelo Flamengo ficou evidente para os organizadores do Mundial graças à cronologia. Na primeira parcial apurada, dia 24 de outubro, apenas cataris e ingleses apareciam com destaque. Foi justamente neste dia que o time rubro-negro venceu o Grêmio e se classificou para a final da Libertadores. Depois, veio o salto de negócios fechados com o Brasil.

A torcida pelo Flamengo não é assumida publicamente, mas é motivo de comentário interno e gera curiosidades sobre o momento vivido pelo time treinado pelo técnico Jorge Jesus. O estádio onde o Flamengo jogará já está definido: o Al Khalifa, que também será palco da Copa do Mundo de 2022. Caso vença o River Plate, o time brasileiro jogará no Qatar dia 17 de dezembro, na semifinal, contra o vencedor das quartas de final, entre Al-Hilal, da Arábia Saudita, ou Urawa Reds, do Japão, e Espérance de Tunis, da Tunísia.

 

A segunda etapa da venda de ingressos para o Mundial de Clubes começou nesta quinta-feira. As partidas mais procuradas até agora pelos torcedores são a semifinal com a presença do Liverpool, a final e também a rodada dupla das quartas de final.

Também nesta quinta-feira, a taça do Mundial de Clubes foi exibida no lado de fora do prédio da Associação de Futebol do Qatar. A troféu chegou a Doha e da capital partirá em turnê pelo pequeno país de 11,5 mil quilômetros quadrados - quatro vezes menor que o estado do Rio.

Ela percorrerá praças e escolas do país até o retorno a Doha. Nesta quarta, para acompanhar a apresentação ao público pela primeira vez, um grupo de adolescentes cataris fizeram uma demonstração de dannça folclórica.

*  O repórter viaja a convite do Comitê Organizador da Copa do Qatar