Mundial de Clubes: Flamengo enfrentará Wydad Casablanca ou Al Hilal; conheça os rivais

A Fifa realizou nesta sexta-feira o sorteio dos confrontos do Mundial de Clubes, torneio que reúne sete equipes campeãs continentais na maior disputa entre times de futebol do mundo. O evento aconteceu em Rabat, no Marrocos, país-sede desta edição. Flamengo e Real Madrid, vencedores da Libertadores e da Champion's League, entram direto na semifinal, e podem se enfrentar na decisão. O adversário do rubro-negro será o vencedor da partida entre Wydad Casablanca e Al Hilal.

Já o Real Madrid enfrenta o vencedor do duelo entre Seattle Sounders e quem se classificar na primeira partida eliminatória, disputada entre Al Ahly (Egito) e Auckland City (Austrália).

O Wydad Casablanca é o maior campeão nacional de Marrocos, com 22 títulos, o Wydad chega para sua segunda participação no Mundial, depois de terminar na sexta colocação em 2017. Tricampeão continental — venceu o Al-Ahly na última final da Liga dos Campeões da África —, o time da casa terá o apoio de uma torcida apaixonada e conhecida pelos espetáculos na arquibancada. Em seu elenco, tem o lateral-esquerdo Attiyat Allah, titular da histórica seleção de Marrocos semifinalista da Copa do Catar. O artilheiro da equipe no nacional é o ponta marroquino El Hassouni.

Já o Al Hilal é um velho conhecido do rubro-negro: rival do Flamengo em 2019, na semifinal, vai para sua terceira participação no Mundial — a segunda seguida. O time saudita,18 vezes campeão nacional, entra no torneio por indicação da AFC, a confederação asiática, já que a atual edição da Liga dos Campeões do continente ainda não terminou. Por lá, atuam Al-Dawsari e Kanno, destaques da Arábia Saudita na Copa do Mundo do Catar, bem como o volante Cuellar, o brasileiro Michael (ambos ex-Flamengo) e o luso-brasileiro Matheus Pereira.

Confrontos