Mundo precisa de verdade, diz chefe da ONU em Cambridge

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Secretário-geral da ONU, António Guterres, após receber diploma honorário da Universidade de Cambridge, no Reino Unido
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

LONDRES (Reuters) - O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, recebeu um diploma da Universidade de Cambridge nesta quarta-feira, e alertou que o mundo corre o risco de mergulhar em uma espiral de crises a menos que coloque o pensamento crítico e a verdade de volta no centro do discurso global.

Cambridge conferiu um diploma honorário de Doutor em Direito a Guterres, reconhecendo seu trabalho e o da ONU, fundada em 1945, para levar paz ao mundo após os horrores da Segunda Guerra Mundial.

"Enfrentamos uma crise dos valores sobre os quais as Nações Unidas foram fundadas 76 anos atrás: confiança, solidariedade, verdade", disse o secretário-geral a acadêmicos e estudantes de Cambridge.

Guterres, de 72 anos, disse que a desigualdade é chocante: bilionários competindo no espaço sideral enquanto milhões passam dificuldades para sobreviver na Terra e se vê a pobreza aumentando e os direitos humanos sob ameaça.

"A confiança entre pessoas e instituições está se esgarçando. Teorias conspiratórias e desinformação estão atiçando divisões sociais e polarização", disse ele. "Precisamos fazer com que mentir volte a ser errado."

A humanidade, afirmou, precisa de verdade, pensamento crítico, fatos e instituições como Cambridge, que ele disse serem dedicadas ao aprendizado, e não ao lucro, e à ampliação das fronteiras do entendimento humano.

(Por Guy Faulconbridge)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos