Municípios do ABC Paulista conseguem antecipar grupos vacinados contra Covid

·2 minuto de leitura
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 08.04.2021 - Aplicação de dose de vacina contra a Covid-19. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 08.04.2021 - Aplicação de dose de vacina contra a Covid-19. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Se na cidade de São Paulo há problema para seguir o cronograma de vacinação, em algumas cidades do ABC Paulista a situação é oposta. Santo André, São Bernardo do Campo e Diadema conseguiram antecipar o calendário. Já São Caetano do Sul afirma ter conseguido manter o calendário inicial.

A Prefeitura de Santo André, gestão Paulo Serra (PSDB), diz que já conseguiu imunizar 50% da população adulta com a primeira dose. No momento, o município vacina pessoas com mais de 45 anos e lactantes.

Além disso, a cidade já realiza agendamento para pessoas com 43 e 44 anos.

"Desde o início, planejamos muito a vacinação. No início foi mais difícil, mas agora já melhoramos o ritmo. Isso permitiu que antecipássemos alguns públicos e chegamos a marca de mais de 275 mil pessoas com a primeira dose", disse Serra.

Em São Bernardo do Campo, as pessoas de 43 e 44 anos poderão se vacinar a partir desta quarta-feira (23). A cidade já ultrapassa a marca de 400 mil doses de vacina aplicadas.

O agendamento estava disponível desde esta terça-feira (22) pela internet ou por aplicativo de celular.

Segundo a gestão Orlando Morando (PSDB), o cadastro e agendamento prévios permitem dimensionar a quantidade de doses que serão aplicadas.

Diadema, por sua vez, inicia nesta quarta a vacinação de pessoas de 42 e 43 anos. A antecipação vai ser possível devido a chegada nesta terça-feira de um novo lote de vacina, com mais 6.040 doses. Não será é necessário realizar agendamento. Basta o usuário comparecer à unidade de referência, das 8h30 às 16h, e, apresentar o documento de identidade e comprovante de residência.

Já São Caetano do Sul fez repescagem nesta terça para o grupo entre 50 a 59 anos e inicia nesta quarta a vacinação para pessoas entre 49 e 48 anos. Em nota, a prefeitura disse que não foi preciso interromper a vacinação em nenhum momento, mas a abertura dos grupos foi feita conforme o recebimento das vacinas, que chegam aos poucos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos