Museu do Amanhã e British Council vão financiar projetos que incentivam meninas na ciência

O Globo
·1 minuto de leitura

Está aberta até domingo, 25 de abril, a chamada para projetos que promovam a inclusão de meninas nas áreas de ciências, tecnologia, engenharia e matemática do Museu do Amanhã. A entidade, em parceria com o British Council, vai selecionar 15 iniciativas desenvolvidas pelo país para oferecer apoio financeiro e treinamento em ensino de ciências e gênero.

A chamada "Garotas STEM (Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática, na sigla em inglês): formando futuras cientistas" faz parte do programa "Mulheres na Ciência", do British Council. A ideia é fomentar as iniciativas que já promovem a participação de estudantes do ensino fundamental e médio nas carreiras científicas no Brasil, onde a presença delas ainda é escassa.

O objetivo é gerar interesse e incentivá-las a seguirem carreiras em pesquisa científica e tecnológica visando também diminuir a distância entre a academia, a educação básica e a sociedade, aproximando a ciência e o conhecimento científico dos cidadãos e conectando escolas, museus, organizações sociais e instituições de ensino superior.

Os projetos selecionados vão receber treinamento pelo STEM Education Hub, uma iniciativa apoiada pelo King's College London. Escolas, universidades, museus de ciência e organizações sociais de todo o país podem enviar os seus projetos já desenvolvidos. As inscrições vão até domingo, 25.

Os projetos poderão solicitar um aporte de R$ 7 mil a R$ 12 mil. As propostas serão avaliadas a partir da próxima semana e as iniciativas selecionadas serão divulgadas no dia 28. O treinamento começa em 6 de maio e os projetos serão acompanhados até dezembro.

Para acessar o edital e fazer a inscrição acesse: museudoamanha.org.br