Museu do Ipiranga reabre as portas

Quase uma década depois de ter encerrado as portas para restauro, o Museu do Ipiranga, em São Paulo está preparado para receber novamente o público, já a partir do dia sete de setembro.

Exatamente o dia em que o Brasil celebra 200 anos de independência.

Em mostra estarão mais 450 mil objetos, obras de arte e documentos, relativos à história do país.

"O museu, na verdade, ele não nasce como um museu, ele como um monumento à independência. Agora, no bicentenário da independência ele ganha o seu auge do ponto de visibilidade e possibilidade, onde podemos discutir a nossa identidade e a nossa história através deste edifício e exposições", sublinhou o vice-presidente do museu, Amâncio Jorge de Oliveira.

O Museu do Ipiranga, foi construído onde D. Pedro I, do Brasil, IV de Portugal, terá declarado a independência do país. Reabre agora mais inclusivo e a pensar nas pessoas com deficiência auditiva, motora ou visual, com braille nas salas, língua gestual nos ecrãs e elevadores.

Ganhou, também, mais 6.800m², ficando assim com mais espaço para uma nova bilheteira, café, loja, auditório para 200 pessoas, espaços e salas para receber grupos escolares e exposições temporárias.