Musical sobre Michael Jackson é destaque no Tony Awards e filhos do cantor o celebram na cerimônia

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O musical "MJ: O musical", inspirado em Michael Jackson, foi um dos destaques da cerimônia do Tony Awards, o Oscar do teatro americano, que aconteceu neste domingo (12). Indicado a 10 prêmios, o espetáculo levou quatro, incluindo melhor ator para Myles Frost, que interpreta o astro, morto em 2009.

Uma das surpresas da noite foi a participação dos filhos de Michael Jackson, Paris e Prince, que subiram ao palco do Radio City Music Hall, em Nova York, para celebrar o legado do pai.

“Muitas pessoas parecem pensar que nosso pai, Michael Jackson, mudou a música popular para sempre. E quem somos nós para discordar?”, disse Prince, de 24 anos, ao lado da irmã Paris, de 25.

"“Mas o que as pessoas podem não saber é que ele adorava musicais, no cinema e no palco. É por isso que estamos incrivelmente honrados em apresentar o primeiro indicado da noite para melhor musical, 'MJ', que, usando muitos de seus sucessos icônicos, analisa as complexidades e o brilho do processo de nosso pai”, continuou o filho do cantor.

Outro momento bastante aplaudido da noite foi quando Myles Frost fez um número musical, dançando e cantando "Smooth Criminal" com um corpo de bailarinos no palco. O site Entertainement Weekly elogiou a performance de Frost e sua "capacidade de canalizar a singular habilidade de Jackson de casar música e dança".

"MJ: O musical" foi a estreia de Frost na Broadway. Hoje com 23 anos, ele aprendeu piano aos 5 e desenvolveu seu lado musical na igreja de sua cidade local. Em 2017, participou da versão americana do programa "The Voice", e também estrelou a série "Family reunion", da Netflix. Um vídeo da época da escola, onde ele aparece em um sarau cantando "Billie Jean", chegou nas mãos dos produtores do musical, que o chamaram para fazer uma audição e ele acabou conquistando o papel.

Criado pelo diretor, coreógrafo e bailarino britânico Christopher Wheeldon, "MJ: O musical" é baseado na turnê "Dangerous", empreendida por Michael Jackson em 1992 e considerada uma das mais importantes da carreira do artista. Ao longo do espetáculo, 25 hits do artista são cantados no palco, como “Beat It”, “Billie Jean”, “Bad”, “Smooth Criminal” e “Thriller". A roteiro é assinado pela aclamada dramaturga americana Lynn Notage, primeira e única mulher a ganhar o Prêmio Pulitzer na categoria teatral duas vezes, tendo vencido pelas peças "Ruined", de 2009, e "Sweat", de 2017.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos