Musk diz que vai parar de aceitar encomendas da Tesla; entenda

Shanghai/China-Sep.2020: facade Tesla store at night. customers inside Tesla retail shop choosing electric cars
Tempo de espera por um carro elétrico da Tesla está podendo chegar a um ano (Getty Image)
  • Tesla sofre com a falta de componentes para fabricar carros da Tesla

  • Elon Musk está preocupado com o tempo de espera para a entrega das vendas

  • Empresa pode deixar de aceitar novas encomendas caso o problema não seja solucionado

A escassez de insumos continua impactando a Tesla. Apesar da tendência de migração para veículos elétricos, principalmente impulsionada pelo aumento nos preços dos combustíveis, a empresa precisou comunicar que pode deixa de aceitar encomendas porque o tempo de espera está excedendo o limite razoável, chegando a ultrapassar a marca de um ano.

Elon Musk revelou que a corporação poderá enfrentar problemas e que será necessário limitar novas encomendas. E essa não é uma preocupação só da Tesla. Toda a indústria sofre com a falta de componentes para a fabricação de veículos, o que prejudica o cronograma das montadoras.

"A demanda agora excede a oferta em um grau absurdo. Na verdade, provavelmente vamos limitar ou simplesmente parar de receber pedidos para qualquer carro além de um determinado período, porque parte desse tempo (para entrega de novos carros) pode chegar a demorar mais de um ano", afirmou o empresário durante o evento FT Future of Cars Conference.

A fabricante tem tentado resolver o problema com a remoção de alguns elementos, que vão ser montados mais tarde. Ao mesmo tempo, parece garantir tempos de entrega em carros que sejam padronizados e com acabamentos similares.

A Tesla não é a única que enfrenta dificuldades

A Volkswagen já alocou toda a produção de carros elétricos de 2022 tanto na Europa quanto nos Estados Unidos. O esgotamento de veículos veio da combinação de grande demanda com a queda na oferta de fornecimento de componentes.

Já a BMW optou por continuar comercializando veículos, mas com menos componentes do que o planejado. A empresa anunciou o lançamento de veículos sem suporte para Android Auto e Apple CarPlay. A decisão foi tomada para que a empresa consiga entregar os carros a tempo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos