Musk encoraja ex-esposa de fundador do Google a processar jornal sobre suposto caso

Empresário admitiu que pensou em ir à Justiça contra o jornal, mas desistiu por não acreditar que seria possível ganhar a causa (REUTERS/Andrew Kelly)
Empresário admitiu que pensou em ir à Justiça contra o jornal, mas desistiu por não acreditar que seria possível ganhar a causa

(REUTERS/Andrew Kelly)

  • Elon Musk encoraja Nicole Shanahan a processar o The Wall Street Journal;

  • Jornal publicou uma reportagem que aponta um suposto envolvimento amoroso entre os dois;

  • Nicole é ex-esposa do cofundador do Google, Sergey Brin, que também é amigo de Musk.

O bilionário Elon Musk encorajou Nicole Shanahan, ex-esposa do cofundador do Google, Sergey Brin, a processar o The Wall Street Journal por uma reportagem que apontava um suposto caso amoroso entre os dois no passado, enquanto ela ainda era casada.

No Twitter, o empresário admitiu que pensou em ir à Justiça contra o jornal, mas desistiu por não acreditar que seria possível ganhar a causa. “Como uma ‘pessoa pública’, o padrão para ganhar um processo de difamação contra uma organização de notícias é quase impossível. Eles poderiam dizer que eu sou Satanás e a ‘fonte’ é o psíquico deles!”, opinou. “Nicole não é uma pessoa pública, então poderia ganhar. Espero que ela os processe”.

Musk ainda criticou a atuação do editor de investigações do jornal, Michael Siconolfi.

O caso

Segundo a reportagem do The Wall Street Journal, Musk teria se envolvido com a esposa de seu amigo durante um breve tempo, em 2021. A situação supostamente fez Brin pedir o divórcio a Shanahan no começo deste ano e colocou um ponto final na amizade entre os bilionários.

Pelo Twitter, Musk negou as acusações. “Sergey e eu somos amigos e fomos a uma festa juntos ontem à noite! Eu só vi Nicole duas vezes em três anos, ambas com muitas outras pessoas ao redor. Nada romântico”. Posteriormente, ele alegou que não faz sexo “há séculos”.

Nesta quarta-feira (27), o CEO da Tesla e SpaceX também disse que conversou com Brin um dia antes e que “nem ele nem ninguém que ele conhece falou com o WSJ”. Shanahan também negou o caso com Musk. “Não se engane, qualquer sugestão de que Nicole [Shanahan] teve um caso com Elon Musk não é apenas uma mentira descarada, mas também difamatória”, disse Bryan Freedman, advogado de Los Angeles que representa a mulher, em comunicado ao The Post.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos