Musk quer que usuários incluam "paródia" em nomes se forem fazer piadas

Elon Musk: bilionário continua a tornar sua rede social um mau lugar para anunciantes (STR/NurPhoto via Getty Images)
Elon Musk: bilionário continua a tornar sua rede social um mau lugar para anunciantes (STR/NurPhoto via Getty Images)
  • Novo selo de verificação tornou a rede um lugar fértil para golpes, disse estrategista de relações públicas;

  • Elon Musk afirmou que contas que impersonam outras devem ter "paródia" escrito em seus nomes;

  • Bilionário afirmou ter se divertido com o ambiente caótico de contas falsas.

Na noite desta quinta-feira (10), Elon Musk foi à seu perfil no Twitter afirmar que os usuários que quiserem se divertir criando contas paródias de empresas e personalidades devem colocar a palavra "paródia" em seus nomes, não só na descrição do perfil.

"No futuro, as contas envolvidas na paródia devem incluir “paródia” em seu nome, não apenas na biografia. Para ser mais preciso, contas fazendo imitações de paródia. Basicamente, enganar as pessoas não é bom", disse o CEO.

A fala foi feita após o Twitter passar por um dia de completo caos após a plataforma liberar o selo azul de verificação para pagantes do Twitter Blue. Dezenas de usuários criaram contas paródias de empresas, políticos, celebridades e até mesmo de Elon Musk, fazendo comentários absurdos e ofensivos se fingindo passar pelas personalidades.

A situação de confusão geral foi prevista por usuários e especialistas em redes sociais, e também por diversas empresas, que pararam de veicular seus anúncios na plataforma temendo que o fim dos esforços de moderação transformassem a rede social em um ambiente caótico e cheio de golpes.

“Quanto tempo até um brincalhão pegar as informações reais da passagem de um passageiro e cancelar o voo? Ou pega as informações do cartão de crédito e faz uma farra de gastos?”, disse Max Burns, estrategista de relações públicas.

“Será necessário apenas um grande incidente para cada companhia desistir do Twitter como rede de relação com o cliente.”

Apesar da fala sobre responsabilizar os usuários que tentam "enganar" outros com suas contas humorísticas, logo em seguida Musk tuitou "Que dia! Quantos tuítes hilários", validando a atuação das contas que impersonaram empresas e publicaram conteúdo ofensivo.