'Musos da Copa': Relembre craques que roubam a cena dentro e fora de campo

Não é só para os lances e jogadas que os olhos do mundo ficam atentos durante a Copa do Mundo. A aparência física dos jogadores sempre é muito comentada, o que a cada edição do evento nos dá o “muso” daquela Copa, o jogador mais atraente e “sexy”. Enquanto não temos o escolhido do Catar, relembre os musos das Copas anteriores.

Tabela da Copa: Confira datas, jogos e resultados do Mundial do Catar

Simulador do GLOBO: Decida o que vai acontecer em cada fase da Copa do Mundo

Rússia 2018: Rurik Gislason

Na Copa da Rússia, o jogador islandês Rurik Gislason fez o maior sucesso e foi considerado o jogador mais bonito daquela edição da competição. À época, ele conquistou 1 milhão de seguidores nas redes sociais e relatou inúmeros casos de assédio. “Houve quem quisesse que eu doasse meu esperma”, contou. Em 2020, ele anunciou que deixava a carreira no futebol para tentar a vida de ator.

Brasil 2014: Gerard Piqué

O espanhol Gerard Piqué foi quem levou o título aqui em solos brasileiros. Na época, o astro do futebol ainda era casado com a superstar Shakira, de quem se separou em junho deste ano. Da seleção brasileira, que jogava em casa, os jogadores mais bem colocados foram Julio César, Hulk e Fred.

África do Sul 2010: Fabio Cannavaro

Em 2010, o título de muso da Copa ficou com o então capitão da seleção italiana Fabio Cannavaro, que levou a taça para casa em 2006. Quem fez essa votação foi o site de relacionamentos BeautifulPeople, cuja entrada só é permitida a pessoas belas. Eles também elegeram o mais feio daquela Copa: Wayne Rooney, então atacante da Inglaterra. Depois de saírem vencedores na Alemanha, em 2006, Cannavaro e outros jogadores da Itália participaram, inclusive, de uma campanha publicitária sensual para a grife "Dolce & Gabanna". Eles posaram apenas de cueca em um vestiário.

Alemanha 2006: Michael Ballack

Em pesquisa feita por jornal do país-sede, o jogador alemão Michael Ballack foi eleito o mais atraente daquela Copa. Em segundo lugar, ficou o brasileiro Ronaldinho Gaúcho, à frente de Cristiano Ronaldo e David Beckham em terceiro e quarto lugares, respectivamente.

Japão e Coreia do Sul 2002: David Beckham

Na primeira Copa do século XXI, David Beckham conquistou o posto de jogador mais bonito. Beckham encantou até os adversários. Após a partida entre Brasil e Inglaterra, Ronaldo Fenômeno disse, em tom de brincadeira: "Realmente ele é bonito. Troquei a minha camisa com ele. A dele é bem cheirosa".