Parlamento Europeu dá início a processo para suspender imunidade de Le Pen

Bruxelas, 26 abr (EFE).- O presidente do Parlamento Europeu, Antonio Tajani, anunciou nesta quarta-feira a abertura formal do processo para suspender a imunidade parlamentar da eurodeputada e candidata da Frente Nacional Marine Le Pen a pedido da Justiça francesa, pelo mal uso de fundos públicos.

No final de março, juízes franceses tinham pedido ao Parlamento Europeu a suspensão da imunidade para poder prosseguir com a investigação sobre os empregos fictícios de vários assistentes parlamentares da Frente Nacional.

Tajani anunciou o processo na abertura da sessão plenária reduzida em Bruxelas, onde apontou que "a solicitação foi enviada à comissão de Assuntos Jurídicos do Parlamento Europeu responsável".

Esse organismo tem prevista sua próxima reunião entre 3 e 4 de maio.

O Parlamento Europeu recebeu em 18 de abril a solicitação da Justiça francesa para suspender a imunidade da eurodeputada Le Pen, que ficou em segundo no primeiro turno das eleições presidenciais do país. EFE