1 / 10

Iluminação

Faróis desregulados prejudicam a visibilidade do veículo: o motorista enxerga menos e pode não ser visto por carros no sentido oposto. Sem contar que é infração sujeita a multa. (Craig Allan/Flickr)

image

Batidas e amassados

Assim como nos vidros, problemas de lataria podem ficar maior e de consertos mais caros com o tempo. A falta de manutenção ainda leva a lataria à ferrugem e à corrosão. (Imagem: Hans Braxmeier/Flickr)

image

Vidros

É possível reparar rapidamente e com um custo baixo pequenas trincas ou lascas. Adiar esse tipo de conserto só vão aumentar a área danificada e o custo final. Em alguns casos, acaba havendo a necessidade da troca do vidro inteiro. (Imagem: Derek Jensen/Flickr)

image

Radiador

A líquido do radiador é responsável por resfriar o motor do carro. Verifique semanalmente se seu nível está adequado para evitar que o motor se funda. (Imagem: Bill Wrigley/Flickr)

image

Alinhamento, balanceamento e rodízio de pneus

Freadas bruscas, buracos e terrenos irregulares colaboram para que pneus se desgastem e os eixos fiquem desalinhados. Os ajustes devem ser feitos a cada 10 mil quilômetros para evitar desgastes excessivos. (Imagem: Christopher Ziemnowicz/Flickr)

image

Pastilhas de freio

Com o passar do tempo, as pastilhas de freio vão se desgastando até chegarem a um ponto em que a frenagem não funciona mais. Se não trocadas no prazo recomendado – cerca de 20 mil quilômetros -, elas podem danificar o disco do freio, muito mais caro para ser trocado. (Imagem: David Monniaux/Flickr)

image

Flitro de ar

É o responsável por filtrar o ar que, misturado ao combustível do carro, faz o motor funcionar. Se não trocado a cada 15 mil quilômetros, o desempenho do carro diminui e o consumo de combustível aumenta. (Imagem: Donar Reiskoffer/Flickr)

image

Óleo e filtro de óleo

O atrito entre peças e a própria combustão do motor geram resíduos que, com o tempo, danificam o carro. Trocar o óleo e o filtro de óleo a cada 10 mil quilômetros reduz esses resíduos. (Imagem: Dvortygirl/Flickr)

image

Filtro de ar condicionado

O ar que vem da rua nem sempre é dos mais puros. Para melhorar o bem-estar dos ocupantes do carro, o filtro deve ser trocado sempre que estiver muito sujo. É bom verificar suas condições a cada 20 mil quilômetros. (Imagem: Fiat/ Divulgação)

image

Filtro de combustível

É a barreira responsável por evitar que impurezas do combustível sejam levadas ao motor, diminuindo seu rendimento e sua vida útil. Deve ser trocado a cada 10 mil quilômetros. (Imagem: Fram/ Divulgação)

Não esqueça desses itens na manutenção do carro para economizar no fim do mês

Manutenção pode ser um assunto chato, mas ela vai te poupar muitos problemas futuros. Então confira na galeria quais são os itens que devem ser constantemente verificados para salvar uma graninha no fim do mês.