'Não há nada a temer', diz presidente do México após conversar com Biden

·1 minuto de leitura
(Arquivo) O presidente mexicano, Andres Manuel Lopez Obrador, em coletiva de imprensa

O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, mencionou a expectativa de uma boa relação com o governo do presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, que se comprometeu a apoiar um plano de atenção social na América Central para frear a migração ilegal.

"Não há nada a temer", disse nesta segunda-feira (21) o presidente esquerdista, que parabenizou o democrata na semana passada, quando o Colégio Eleitoral confirmou sua vitória nas eleições de 3 de novembro.

"Não há nada que indique, nenhum presságio, de más relações com o governo a ser liderado pelo presidente Biden", acrescentou López Obrador, que mantém uma relação próxima com o atual governante republicano, Donald Trump.

O líder mexicano afirmou que na conversa telefônica que teve com Biden no sábado, o presidente eleito destacou a necessidade de promover o desenvolvimento do sul do México e América Cental como uma forma de prevenir a migração.

Em sua carta de felicitação, López Obrador já havia pedido a Biden uma colaboração na questão migratória, além de um respeito mútuo em questões de soberania.

nc/axm/yo/aa