Não há registro de que Dilma tenha dito que a 3ª dose da vacina deveria ser aplicada primeiro

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Dilma Rousseff
    Dilma Rousseff
    Política e economista brasileira, 36ª presidente do Brasil

Publicações compartilhadas centenas de vezes em redes sociais desde o final de 2021 asseguram que a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) disse que “se a terceira dose é a que funciona”, esta “deveria ter sido dada primeiro”. As postagens fazem referência à campanha de imunização contra a covid-19, que passou a incluir uma dose de reforço para potencializar a resposta imune. Não há, no entanto, qualquer registro de que a ex-mandatária tenha dado tal declaração. A frase é uma variação de outra que já havia sido incorretamente atribuída a Rousseff em meio à pandemia do coronavírus.

“Só a Dilma para explicar a ‘lógica’ de tudo o que está acontecendo”, diz uma das publicações que somam mais de 10 mil interações no Facebook (1, 2, 3), Instagram (1, 2, 3) e Twitter (1, 2, 3).

Alguns usuários publicaram o conteúdo como uma brincadeira, mas outros demonstraram acreditar na alegação. “Não dá pra acreditar que tivemos esta bosta na Presidência do maior País da América Latina”, comentou um deles. “Que vergonha, que um dia votei nessa mulher”, escreveu outro.

Captura de tela feita em 3 de janeiro de 2022 de uma publicação no Facebook ( . / )

A frase é uma variação de outra que foi incorretamente atribuída à ex-presidente em julho de 2021. Na época, usuários asseguravam que Dilma teria dito que a segunda dose da vacina deveria ser administrada primeiro, mas o AFP Checamos não encontrou qualquer registro da declaração.

De maneira semelhante, uma busca por palavras-chave nas contas oficiais da ex-presidente no Twitter e Facebook não levou a qualquer publicação com a frase sobre a terceira dose.

O AFP Checamos também consultou todos os tuítes feitos por Dilma e arquivados na plataforma WayBack Machine desde agosto de 2021, quando foi iniciada a aplicação da terceira dose no Brasil. O portal permite salvar páginas da internet e pode conter publicações já deletadas. No entanto, nenhum dos tuítes arquivados continha a frase viralizada.

A única vez que Dilma falou sobre doses da vacina contra a covid-19 em suas redes sociais foi para anunciar que havia recebido a primeira e, assim, estimular os brasileiros a se vacinarem. “Cuidem-se”, escreveu.

Uma busca pela frase exata no Google também não leva a qualquer notícia sobre a suposta fala da ex-presidente.

A frase também não foi publicada no site de Dilma, nem localizada em entrevistas concedidas pela ex-presidente desde que o Brasil passou a administrar a dose de reforço dos imunizantes contra a covid-19 (1, 2, 3).

Procurada em 1º de julho de 2021, quando circulou nas redes a primeira variação da frase viralizada - ainda sobre a segunda dose das vacinas - a assessoria de imprensa de Dilma Rousseff classificou a alegação como “mais uma fake news”. “Ela nunca disse isso”, afirmou ao AFP Checamos.

Presidente do Brasil de janeiro de 2011 até agosto de 2016, quando foi aprovado seu impeachment, Dilma Rousseff já foi alvo de outras peças de desinformação (1, 2, 3) verificadas pela AFP.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos