Não haverá "paz" no Oriente Médio enquanto durar a "ocupação" israelense, diz Abbas

·1 minuto de leitura
Representantes de facções palestinas se reuniram na embaixada palestina na capital do Líbano, Beirute, em 3 de setembro de 2020

Não haverá "paz" no Oriente Médio enquanto durar a "ocupação" israelense dos territórios palestinos, declarou o presidente palestino Mahmoud Abbas nesta terça-feira após a assinatura dos acordos de normalização das relações entre Israel e dois países do Golfo. 

"Não haverá paz, segurança ou estabilidade para ninguém na região sem o fim da ocupação e (sem) respeito pelos plenos direitos do povo palestino", disse Abbas em nota, reagindo à assinatura em Washington dos acordos de restabelecer as relações entre Israel, Bahrein e os Emirados Árabes Unidos.

Nas últimas semanas, os palestinos acusaram os Emirados e o Bahrein de trair o "consenso árabe", segundo o qual deve haver uma resolução do conflito israelo-palestino antes de qualquer normalização das relações com Israel. 

"As tentativas de iludir o povo palestino terão graves consequências, pelas quais os Estados Unidos e a ocupação israelense terão que assumir a responsabilidade", acrescentou o presidente palestino na terça-feira, sem dar mais detalhes.

na-gl/elm/bc/bl/cc