‘Não nos calarão’, diz homenageada em mural vandalizado em Caxias

·2 minuto de leitura

Um mural feito para homenagear mulheres negras com histórico de lutas sociais na Baixada foi vandalizado em Duque de Caxias. O painel com imagens dos rostos de Ana Leone, Dona Leonor, Rose Cipriano, Fátima Monteiro, Mãe Beata de Yemanjá, Silvia Mendonça, Nivia Raposo, Marielle Franco e Maria Conga foi pintado com tinta branca na madrugada de domingo. Apenas os rostos destas duas últimas mulheres não foram pintados. Uma das mulheres homenageadas, a professora Rose Cipriano compartilhou a indignação nas redes sociais:

— Até quando teremos que aturar o racismo, esse ódio à trajetória das mulheres negras? Não nos calarão. Não irão apagar a nossa história.

A obra chamada de “Memorial Nossos Passos Vêm de Longe” foi feita pelos artistas Rodrigo Mais Alto e Kleber Black, e foi inaugurada no dia 19 de junho. O painel, que fica sob o viaduto do Centenário, é uma realização da Iniciativa de Direito à Memória e Justiça Racial (IDMJR), que atua no combate à violência na região.

Para a coordenadora do IDMJR, Giselle Florentino, a ação foi uma forma de ameaça e intimidação:

— Muitas mulheres estão preocupadas com a segurança delas. Entendemos como uma ameaça. É nitidamente um processo de ameaça em um território consolidado das milícias, um grau de ódio racial que é imposto mesmo.

Segundo a coordenadora do IDMJR, o mural será restaurado no próximo sábado.

A ambulante Ana Cristina contou ao portal G! que viu quando tudo aconteceu.

— Um carro chegou e um rapaz branco desceu, bem vestido, com um balde, com tinta e um rolo. Pensamos que ele ia fazer um painel, e ele pintou. Ele não conseguiu fazer o restante porque os camelôs o colocaram para correr — disse Ana Cristina.

Coordenadora do Movimento Negro Unificado, Fátima Monteiro classificou a ação como revoltante:

— Isso só acontece porque somos mulheres pretas, mulheres de enfrentamento. Isso incomoda os racistas. Mas eles não irão nos silenciar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos