'Não posso abandoná-los': o médico de 98 anos que continua visitando pacientes, apesar do coronavírus

Christian Chenay reconhece os riscos, mas diz que pacientes de casa de repouso precisam dele.