Não tem pé nem cabeça, diz presidente do Conass sobre desobrigar o uso de máscara

·1 minuto de leitura
BRASÍLIA, DF, 10.06.2021 - O presidente Jair Bolsonaro discursa durante evento no Palácio do Planalto, em Brasília (DF). (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
BRASÍLIA, DF, 10.06.2021 - O presidente Jair Bolsonaro discursa durante evento no Palácio do Planalto, em Brasília (DF). (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O presidente do Conass (Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde), Carlos Eduardo Lula, criticou à reportagem a proposta do governo federal de desobrigar do uso de máscara quem já foi vacinado ou infectado pela Covid-19.

Para Lula, a proposta não tem pé nem cabeça e é irresponsável.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta quinta (10) que o ministro Marcelo Queiroga (Saúde) prepara um parecer sobre o tema.

"Ele vai ultimar um parecer visando a desobrigar o uso de máscara por parte daqueles que já foram vacinados ou que já foram contaminados para tirar este símbolo que, obviamente, tem sua utilidade para quem está infectado", disse em solenidade no Palácio do Planalto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos