Número diário de mortes por Covid-19 chega a 1.000 na Alemanha

·1 minuto de leitura
Alemanha inicia vacinação contra Covid-19

BERLIM (Reuters) - A Alemanha registrou mais de mil mortes relacionadas à Covid-19 em um único dia pela primeira vez nesta quarta-feira, dias depois de começar a vacinar a população e diante da perspectiva da prorrogação de um lockdown.

O número de casos confirmados de coronavírus no país aumentou em 22.459 e chegou a 1.687.185, mostraram dados do Instituto de Doenças Infecciosas Robert Koch (RKI).

O número de mortes relatadas subiu 1.129 e chegou a 32.107.

O RKI disse que os dados não são totalmente comparáveis, já que algumas autoridades de saúde relataram resultados mais baixos durante as festas de final de ano e alguns relatos incluem declarações atrasadas.

A quantidade de infecções diárias não diminui significativamente desde o início de dezembro, quando os 16 Estados federais concordaram em manter escolas, a maioria das lojas, bares e restaurantes fechados até 10 de janeiro.

Vários políticos, inclusive Helge Braun, chefe de gabinete da chanceler alemã, Angela Merkel, disseram que uma prorrogação das restrições é provável.

Cerca de 42 mil pessoas já foram vacinadas, a maioria em casas de repouso, disse o RKI.

A Alemanha iniciou sua campanha de vacinação contra a Covid-19 oficialmente no domingo.

O governo federal está planejando distribuir mais de 1,3 milhão de doses de vacina a autoridades de saúde locais até o final do ano e cerca de 700 mil por semana a partir de janeiro.

(Da redação de Berlim)