Número de mortos em ataque a mercado da Síria chega a 70, diz Médicos Sem Fronteiras

BEIRUTE (Reuters) - A organização Médicos sem Fronteiras afirmou neste sábado que ao menos 70 pessoas foram mortas em um ataque com míssil a um mercado perto de Damasco na sexta-feira. Um grupo de monitoramento, que havia calculado o número de mortos em 57, disse que os bombardeios continuavam na região, e que outras seis pessoas foram mortas por ataques aéreos do governo no sábado de manhã. A intervenção militar de Moscou que já dura um mês em apoio ao presidente Bashar al-Assad tem alarmado os Estados Unidos e seus aliados, no momento em que as potências mundiais aumentam os esforços diplomáticos para acabar com a guerra. Forças do governo sírio atiraram mísseis contra um mercado na cidade de Douma, a nordeste de Damasco, na sexta-feira, no pior ataque na região em semanas, disse o Observatório Sírio de Direitos Humanos. (Reportagem de John Davison)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos