Número de mortos em ataques no oeste da Etiópia chega a 222, diz Cruz Vermelha

ADDIS ABABA (Reuters) - O número de mortos no ataque ocorrido quarta-feira na região oeste de Benishangul-Gumuz, na Etiópia, aumentou para 222, disse um voluntário da Cruz Vermelha do país à Reuters nesta sexta-feira.

"Ontem enterramos 207 vítimas e mais 15 dos agressores”, disse a voluntária Melese Mesfin.

O ataque ocorreu no vilarejo de Bekoji, no condado de Bulen, na zona de Metekel, e a Comissão Etíope de Direitos Humanos nomeada pelo Estado estimou inicialmente que mais de 100 pessoas foram mortas.

(Por Redação de Addis Ababa)