Número de mortos em desabamento na Flórida sobe para 64

·1 minuto de leitura
Destroços de prédio que desabou na região de Miami

Por Brad Brooks

SURFSIDE, Flórida (Reuters) - O número confirmado de mortos no desabamento de uma torre residencial na região de Miami, nos Estados Unidos, subiu para 64 nesta quinta-feira, após equipes resgatarem os restos mortais de mais 10 pessoas dos escombros de metal e concreto.

Outras 76 pessoas continuam desaparecidas e consideradas mortas soterradas em uma montanha de destroços, afirmou a prefeita do Condado de Miami-Dade, Daniella Levine Cava, em uma entrevista coletiva um dia após as autoridades locais afirmarem que não havia esperança de serem encontrados sobreviventes.

O número de pessoas desaparecidas pode mudar já que continua possível que nem todas as pessoas estivessem no edifício no momento em que ele desabou repentinamente na madrugada do dia 24 de junho.

Embora autoridades locais tenham dito que à meia-noite de quinta-feira a parte de buscas e resgates da operação era considerada terminada, equipes irão continuar cavando até que sejam encontrados todos os corpos dos que estariam no prédio naquela manhã.

"Foi tocante hoje escutar de um representante do Corpo de Bombeiros de Miami Dade que disse que eles não irão parar até chegar no fundo da pilha e recuperar cada vítima", disse o prefeito de Surfside, Charles Burkett, em uma entrevista coletiva durante a tarde.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos