Número de mortos em desabamento de ponte na Índia sobe para 134

Ponte desaba na Índia

Por Sumit Khanna

MORBI, Índia (Reuters) - O número de mortos no desabamento de uma ponte na Índia subiu para 134 nesta segunda-feira, incluindo muitas crianças, enquanto a polícia deteve nove pessoas como parte de uma investigação criminal sobre um dos acidentes mais letais do país na última década.

Imagens de circuito interno de TV pouco antes do colapso mostraram um grupo de jovens tirando fotos enquanto outros tentavam balançar a ponte suspensa de um lado para o outro, antes de caírem no rio quando os cabos que a seguravam cederam.

A polícia do estado de Gujarat, no oeste do país, onde ocorreu o desastre, disse à Reuters que deteve nove pessoas depois de registrar um processo criminal contra pessoas não identificadas responsáveis ​​pela renovação, manutenção e gestão da ponte.

Ashwin Mehra, que estava em tratamento depois de sofrer ferimentos nas pernas e nas costas ao cair da ponte, disse que ele e outras seis pessoas chegaram à margem segurando as grades de metal e a rede da ponte.

"Cerca de 15 a 20 jovens travessos estavam sacudindo as cordas da ponte. A ponte fez barulho por três vezes antes de desabar", afirmou ele à ANI, parceira da Reuters TV.

Autoridades locais disseram à Reuters que a administradora da ponte, uma empresa que fabrica relógios e itens elétricos, não havia informado às autoridades que a ponte seria reaberta na semana passada após os reparos, acrescentando que nenhum certificado de que estava apta para uso público foi emitido.