Número de mortos em desabamento de prédio na Flórida chega a 46

·2 minuto de leitura
Membros das equipes de resgate no local que o edifício desabou em Surfside, na Flórida, em 6 de julho de 2021

O número de mortos pelo desabamento parcial de um prédio no final de junho em Surfside, uma pequena cidade ao norte de Miami, aumentou para 46, com 94 pessoas ainda desaparecidas, informaram as autoridades nesta quarta-feira (7).

As equipes de resgate "encontraram outras dez vítimas, aumentando o número de mortos para 46, das quais 32 foram identificadas", disse Daniella Levine Cava, prefeita do condado de Miami-Dade, ao qual Surfside pertence, em coletiva de imprensa.

Ainda há 94 pessoas desaparecidas, acrescentou.

"As equipes de busca e resgate continuam suas operações e temos sorte que o tempo melhorou esta manhã", acrescentou.

O local foi atingido na terça-feira por ventos e chuva da tempestade tropical Elsa, que atingiu a costa oeste da Flórida nesta quarta-feira.

As equipes tinham entrado em áreas inacessíveis antes que no domingo à noite a demolição controlada do restante do prédio ocorresse, cuja instabilidade ameaçava o trabalho das equipes de resgate.

Grande parte do edifício Champlain Towers South desabou nas primeiras horas da manhã de 24 de junho em Surfside, causando um dos mais sérios desastres urbanos da história dos Estados Unidos.

O evento permanece praticamente inexplicado, embora se suspeite que a manutenção e a estrutura do edifício, os locais de construção próximos e o aumento do nível da água possam ter influenciado.

Um relatório de 2018 apontou "danos estruturais significativos", assim como "rachaduras" no sótão do prédio, de acordo com documentos divulgados pelo prefeito de Surfside, cujos 6.000 moradores estão chocados com o que aconteceu.

"A magnitude deste desastre continua a crescer dia a dia desde o colapso. Nossa comunidade e o mundo estão de luto e acompanhando todas as famílias que estão passando por esta tragédia inimaginável", informou Levine Cava com a voz embargada de emoção.

O prefeito de Surfside, Charles Burkett, disse que estudos ainda estão em andamento para verificar a estrutura de um prédio semelhante, Champlain Towers North, que poderia explicar o colapso.

Este edifício está sendo monitorizado porque foi construído na mesma época, com os mesmos materiais e pelos mesmos arquitetos.

“Esta informação terá de ser analisada e demorará várias semanas e depois teremos uma ideia melhor das anomalias que podem existir”, disse.

cyj/rle/ll/lda/bn

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos