Número de mortos por inundações na Malásia sobe para 27

·1 min de leitura
Ruas inundadas na cidade de Shah Alam, estado de Selangor, em 21 de dezembro de 2021 (AFP/Arif KARTONO)

O número de mortos pelas inundações mais graves em vários anos na Malásia subiu para 27 nesta quarta-feira, enquanto as operações de limpeza prosseguem e os moradores verificam os danos provocados pela tragédia.

As chuvas torrenciais provocaram cheias dos rios no fim de semana e inundações em várias cidades, com rodovias bloqueadas e milhares de pessoas desabrigadas.

Selangor - estado mais populoso e rico da Malásia ao redor da capital Kuala Lumpur - foi uma das áreas mais afetadas.

As águas começaram a baixar lentamente e as autoridades anunciaram que os reparos em uma comporta que controla o fluxo de água de um rio próximo à capital do estado, Shah Alam, deve acelerar o processo.

O balanço de mortos subiu para 27, com 20 vítimas fatais em Selangor e sete no estado de Pahang (leste), segundo a agência estatal de notícias Bernama.

O balanço pode aumentar devido aos relatos de pessoas desaparecidas.

Quase 71.000 pessoas foram obrigadas a abandonar suas casas pelas inundações, principalmente em Pahang e Selangor, de acordo com um balanço revisado.

O país asiático sofre com inundações todos os anos, mas as do fim de semana passado foram as piores desde 2014, quando 100.000 pessoas foram obrigadas a abandonar suas casas.

sr/qan/mar/zm/fp

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos