Tripulação de navio russo que se acidentou no Mar Negro é resgatada

Istambul, 27 abr (EFE).- Os 78 tripulantes de um navio de inteligência da Rússia que se chocou com um cargueiro a cerca de 40 quilômetros do estreito do Bósforo foram resgatados, informou a Direção Geral de Segurança Costeira da Turquia.

O acidente aconteceu pouco antes do meio-dia na zona, quando o navio russo "Liman" e o cargueiro "Ashot-7" com bandeira de Togo, segundo a fonte, se chocaram, de acordo com a rede turca "CNNTürk".

A colisão causou vazamento do lado direito do casco do navio russo, pertencente à Frota do mar Preto.

Várias embarcações da Guarda Costeira participaram das tarefas de resgate.

O Ministério de Defesa da Rússia informou em um comunicado que não há vítimas entre a tripulação.

Segundo a "CNNTürk", o primeiro-ministro turco, Binali Yildirim, e seu colega russo, Dmitri Medvedev, mantiveram uma conversa telefônica para falar sobre o acidente.

Por enquanto ainda são desconhecidos os motivos da colisão.

A Rússia confirmou o naufrágio de seu navio.

"Todos os membros da tripulação do navio da Frota do mar Negro 'Limam' se encontram sãos e salvos ", informou o Ministério de Defesa em um comunicado. EFE