Número de professores formados à distância na rede privada dobra em dez anos

O número de concluintes em cursos voltados à formação de professores (Pedagogia e Licenciatura) na modalidade de Educação a Distância (EAD) cresceu 109,4% na rede privada entre 2010 e 2020, aponta nota técnica divulgada nesta quarta-feira pela ONG Todos Pela Educação.

Ciência: Pesquisa procura cães com doença nos ossos para testar medicamento à base de cannabis

No mesmo período, os concluintes na modalidade presencial (tanto na rede pública como na rede privada) diminuíram, com queda mais acentuada justamente na rede privada presencial.

O estudo aponta ainda seis de cada dez alunos que concluíram os cursos de Pedagogia e Licenciatura em 2020 no país estão modalidade EAD (61,1%). Nos demais cursos do ensino superior brasileiro, esse número é 24,6%.

— A formação inicial de professores na modalidade EAD, que deveria ser uma exceção, se tornou a principal estratégia de formação docente no país, o que é extremamente grave. Formar professor é coisa séria. Precisa de tempo, de discussões aprofundadas sobre a docência, de vivência nas escolas, de simulações de situações reais de sala de aula. O Ministério da Educação precisa melhorar os processos regulatórios e a avaliação que faz dos cursos. Não podemos ter essa proliferação de cursos, sem clareza sobre a qualidade da formação inicial que vem sendo ofertada para os nossos futuros professores — afirma Gabriel Corrêa, líder de Políticas Educacionais do Todos Pela Educação.

Realizada com base no Censo da Educação Superior, a pesquisa revela ainda que o percentual de concluintes na modalidade EAD na formação de professores nunca cresceu tanto como entre 2019 e 2020.

O acréscimo foi de 9,1 pontos percentuais (passou de 52% em 2019 para 61,1% em 2020). Os dados mostram, no entanto, que a tendência já vinha ganhando espaço mesmo antes da pandemia da Covid-19 e da suspensão das aulas presenciais por um longo período nas instituições de Ensino Superior.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos