Na Argentina, debate entre Lula e Bolsonaro fica em 3º lugar na audiência

BUENOS AIRES, ARGENTINA (FOLHAPRESS) - O último debate presidencial brasileiro foi exibido ao vivo e na íntegra na Argentina, com tradução simultânea. Marcou 4.3 pontos de audiência em seu momento-pico. Cada ponto equivale a 30.706 televisores na Grande Buenos Aires –não se mede audiência no resto do país.

Para uma sexta-feira à noite, é considerada uma audiência alta. O debate foi exibido pelo Todo Notícias, emissora a cabo do canal do grupo Clarín, que enviou equipes ao Rio de Janeiro e a São Paulo para fazer entradas ao vivo durante todo o dia.

O debate entre Lula e Bolsonaro ficou em terceiro lugar entre os programas mais assistidos na mesma faixa horária, perdendo apenas para um programa de jogos veiculado pela televisão aberta (13.8 pontos) e a versão argentina do Big Brother (11 pontos).

O canal Todo Notícias fez um acordo pela transmissão do debate com a Globo. Uma outra emissora, a C5N, porém, retransmitiu sem ter os direitos, o que significa que a audiência real pode ter sido ainda maior.