Na 'bad', Ramsey ainda não voltou ao Nice após queda de Gales na Copa: 'Está muito decepcionado', diz técnico

Para País de Gales, a Copa do Mundo do Catar acabou no dia 29 de novembro, ainda na primeira fase, após uma derrota por 3 a 0 para a Inglaterra. Desde então, o meio-campista Aarom Ramsey, um dos destaques do time ao lado de Gareth Bale, não retornou ao Nice, da França, clube em que atua.

O técnico suíço Lucien Favre confirmou que Ramsey não voltou aos treinamentos do clube francês e disse que a ausência do jogador de 32 anos é devido a eliminação de País de Gales na fase de grupos no Mundial do Catar, o que ele achou "difícil de digerir".

Além disso, o treinador do Nice disse que Ramsey está demorando para se recuperar, devido ao grande desapontamento com a Copa. No Mundial, o atleta foi titular nas três partidas do time europeu, contra Estados Unidos, Irã e Inglaterra.

— Não, ele não voltou (aos treinos). Acho que a Copa do Mundo foi difícil para ele digerir. Ele está muito decepcionado com a Copa do Mundo e demorando para realmente se recuperar, é isso — disse o técnico do Nice.

País de Gales, que não disputava o Mundial desde 1958, na Suécia, terminou em último lugar no Grupo B depois que um empate contra os Estados Unidos, na primeira rodada, e duas derrotas seguidas para Irã e Inglaterra.

O Nice, nono colocado da Ligue 1, retorna aos gramados na próxima quinta-feira, contra o vice-líder Lens, no Allianz Riviera. Com a ausência de Ramsey, a expectativa é que o meio-campista, ex-Chelsea, Ross Barkley entre como titular.

O ex-jogador do Arsenal foi titular em apenas cinco das 15 partidas do clube francês nesta temporada, mas atuou nos três jogos antes do intervalo da Copa do Mundo. Ramsey tem um gol que marcou na sua estreia, contra o Toulouse.