Na estreia de Diniz, Vasco cede o empate nos acréscimos e pode ver G4 da Série B ficar ainda mais distante

·1 minuto de leitura

Mudou o treinador, mas não o sentimento de frustração no final do jogo. O Vasco até esteve muito perto de voltar a vencer, mas cedeu o empate para o CRB nos acréscimos. Um 1 a 1 com gosto amargo que mostra que o treinador ainda vai precisar fazer muitos ajustes para recolocar o time na briga pelo acesso.

Com o empate, os cruz-maltinos seguem na metade da tabela. Estão em nono, com 33 pontos. E, como a rodada está apenas no começo, podem cair na tabela. A próxima chance de voltar a vencer será no domingo, contra o Cruzeiro, em São Januário.

O lado positivo foi o fim do jejum de Germán Cano. Apesar do futebol jogado pelo time não tê-lo beneficiado, o argentino fez a diferença com seu talento. Desviou, de letra, um chute de Ricardo Graça e abriu o placar aos 48 do primeiro tempo.

O problema é que o Vasco caiu demais de rendimento na etapa final. Produziu pouco na frente e atraiu o CRB. Aos 46, Renan Bressan conseguiu o empate.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos