Na França, ex-Botafogo testa positivo e perde velório do pai no Brasil

·1 min de leitura

O meia Cidinho, ex-Botafogo, perdeu o velório e sepultamento do pai por causa da Covid-19. O jogador, que mora na França, testou positivo no país e não pôde viajar ao Brasil para se despedir do pai nesta quinta-feira.

Em suas redes sociais, o jogador lamentou a ausência e deu informações sobre o sepultamento no Cemitério de Mesquita a quem quiser prestar homenagens ao pai Alcides de Souza Faria.

Cidinho foi revelado pelo Botafogo, onde começou aos 8 anos, e era tido como grande promessa. Em sua primeira temporada como profissional, em 2011, ele jogou 19 partidas e marcou um gol. No ano seguinte, foram 18 jogos e quatro gols. Mas lesões seguidas no joelho encurtaram sua carreira no Alvinegro. Ele deixou o clube em 2015, com um título Carioca, em 2013, e a Série B de 2015. Atualmente, ele está na França, mas sem clube.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos