Índia: Ladrões roubam estrutura de ponte de 500 toneladas em dois dias

(Foto: Getty Images)
(Foto: Getty Images)

Uma ponte construída em 1976, que não era mais usada, foi roubada durante o dia na cidade de Amiyawar, na Índia. O crime ocorreu no último dia 5 de abril e os ladrões precisaram apenas de dois dias para terminar o trabalho.

Disfarçados de funcionários do Departamento de Irrigação, eles cortaram uma ponte de 18 metros e 500 toneladas, derrubaram as estruturas da construção e roubaram tudo.

Segundo informações de veículos de comunicação locais, a polícia do país está tentando rastrear os responsáveis após moradores da cidade terem solicitado que a ponte em questão, de aproximadamente 30 anos, fosse desmontada porque não era mais utilizada.

Uma equipe apareceu para desmontar a ponte, mas suspeitas foram levantadas sobre a procedência do acordo, feito, de acordo com o que falaram os trabalhadores, com o departamento de irrigação do estado.

No entanto, eles não encontraram resistência, já que possuíam os equipamentos de demolição próprios para retirar a ponte.

"As pessoas vieram com máquinas pesadas, cortadores e trabalharam por dois dias durante o dia para desmontar a ponte", disse Gandhi Chaudhary, um morador local.

Porém, os trabalhadores não eram afiliados ao governo do estado. Segundo depoimentos dados à agência de notícias Asian News International, os criminosos demonstraram muita perícia no crime: retiraram todas as estruturas da ponte do chão, cortaram outras com máquinas pesadas e depois ainda terraplanaram o que restou.

Agora, a polícia está perseguindo os ladrões e afirma já ter pistas de sua localização.

"Identificamos alguns membros da gangue e alguns ainda não foram rastreados", comentou Subash Kumar, um policial.

“Estão sendo feitas incursões para prender outras três e quatro pessoas supostamente envolvidas no caso de roubo da ponte e que foram identificadas, e também para recuperar restos de ferro da ponte”, acrescentou o superintendente de polícia de Rohtas.

Cortada, a ponte provavelmente já foi vendida para sucata.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos