Na luta para escapar da Série B, Vasco precisa vencer o Flamengo, mas não derrota o rival desde 2016

Extra
·1 minuto de leitura

O clássico de amanhã, contra o Flamengo, já seria difícil pela distância entre os dois times na tabela: o Vasco corre da zona de rebaixamento; o Rubro-Negro briga pelo título. O retrospecto dos últimos anos aumenta ainda mais o desafio que se impõe aos comandados de Vanderlei Luxemburgo. Já são 16 partidas sem vencer o rival: nove empates e sete derrotas seja no Brasileiro ou no Carioca.

A última vez que o Vasco comemorou uma vitória diante do Flamengo foi em abril de 2016, há quase cinco anos. Na ocasião, o time de São Januário derrotou o Rubro-Negro na semifinal do Carioca, por 2 a 0. Naquele ano, a equipe se sagrou campeã em cima do Botafogo.

Sob o olhar do copo meio cheio, é possível dizer que o rival não vence com tanta facilidade, pois o empate se sobrepõe no retrospecto. Porém, o momento do Vasco não permite pontos perdidos. Com 20% de risco de rebaixamento, a vitória se faz necessária não só pela pontuação como pelo moral na reta final.

Com 37 pontos, o Vasco tem apenas dois pontos de vantagem do Fortaleza, o primeiro time do Z4. O empate pode significar a entrada na zona de rebaixamento, caso o time cearense e o Sport vençam, e o Bahia não perca.

— Os números com certeza incomodam bastante, mas acho que também não temos de levar o peso dos jogos passados para agora. Temos que esquecer o passado e focar nesse próximo jogo, que é o mais importante — disse o zagueiro Ricardo Graça.