Na mira

Agência Europeia de Medicamentos (EMA) disse nesta sexta-feira que começou a analisar possíveis ligações entre a vacina da Johnson & Johnson e coágulos sanguíneos. Uma nova investigação sobre o imunizante da AstraZeneca também foi aberta.