Na mira de clubes ingleses, Eriksen fala de choque na Euro: "Morri por cinco minutos"

·2 min de leitura
COPENHAGEN, DENMARK - JUNE 12: Christian Eriksen (Hidden) of Denmark receives medical treatment during the UEFA Euro 2020 Championship Group B match between Denmark and Finland on June 12, 2021 in Copenhagen, Denmark. (Photo by Martin Meissner - Pool/Getty Images)
Meia dinamarquês concedeu entrevista sete meses após o trauma vivido em campo e projeta retorno aos gramados. Foto: (Martin Meissner - Pool/Getty Images)

Quase sete meses após o trauma que viveu em partida da Eurocopa, o meia dinamarquês Christian Eriksen concedeu sua primeira entrevista exclusiva e falou abertamente sobre o drama vivido.

O agora ex-jogador da Inter de Milão comentou sobre o carinho recebido no hospital que ficou internado e também nas redes sociais: "Foi incrível que tantas pessoas sentiram que era preciso escrever ou mandar flores. Teve um impacto tão grande em tanta gente, e eles sentiram que era preciso eu e minha família saberem disso. Isso me deixa muito feliz. Foi extraordinário, muito legal que todo mundo... e uma grande ajuda para mim receber todas essas boas vibrações. E as pessoas ainda escrevem pra mim".

Leia também:

Ainda na entrevista concedida ao canal DR TV, da Dinamarca, o jogador disparou uma forte frase em meio aos agradecimentos: "Foi estranho, porque eu não esperava que recebesse tantas flores, porque eu morri por cinco minutos".

A totalidade da entrevista, na íntegra, será transmitida no próximo sábado, mas o jogador fez questão de divulgar um trecho em seu perfil oficial do Twitter:

O jogador, que teve um aparelho desfibrilador implantado em seu coração para que o desnível do ritmo de seus batimentos cardíacos fosse corrigido, evitando, assim, outro mal súbito, rescindiu contrato com a Inter de Milão por não ser permitido na Série A o uso dos aparelhos nos jogadores e agora, totalmente recuperado, busca outra equipe para desempenhar seu futebol.

Martin Shoots, empresário do dinamarquês, disse que ele está preparado para voltar aos gramados: "As coisas estão indo bem para o Christian. Ele fez vários exames e testes antes do Natal e os resultados foram muito bons. Esperamos que ele comece treino em grupo com uma equipe no final de janeiro".

Um dos possíveis destinos do meia é o Tottenham, onde ele jogava antes de se transferir para a Inter de Milão, mas não são descartadas transferências para outras equipes que disputam a Premier League.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos