Na onda de Donald Trump, Eduardo Bolsonaro critica TikTok e diz que usuários correm perigo

·1 minuto de leitura
Brazilian Federal Deputy Eduardo Bolsonaro attends an International Seminar of Brazilian Foreign Policy in Brasilia, Brazil November 21, 2019.REUTERS/Adriano Machado
Deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) apoiou boicote de Trump ao aplicativo TikTok (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) seguiu o mesmo caminho do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e fez críticas ao aplicativo TikTok. Na última sexta-feira, 31, o republicano anunciou que iria banir a rede social do país.

A justificativa do governo norte-americano é que o aplicativo está sendo usado como ferramenta da inteligência da China.

No Twitter, Eduardo Bolsonaro compartilhou um vídeo de um apoiador do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) em que são feitas críticas ao TikTok. “Ontem (31) o presidente Donald Trump ancuniou que vai banir o TikTok no território norte-americano, porque questões de segurança nacional. Quer entender o motivo disso e o perigo que você corre ao usar o aplicativo?”

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Eduardo Bolsonaro ainda disse que a empresa Apple é segura, enquanto o TikTok, não.

No vídeo compartilhado pelo deputado federal, o apoiador de Jair Bolsonaro chama o aplicativo de “comunista safado”.

Leia também

O aplicativo TikTok percente a uma empresa chamada ByteDance, que tem sede na China. São aproximadamente um bilhão de usuário no mundo todo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos